Arquivo da tag: Supremo Tribunal Federal(STF)

Triste de um país em que a JUSTIÇA é subalterna e vendida.

Triste país sem justiça independente
Brasil – Triste país sem justiça independente

O fato de um ex-comunista e poeta se colocar ao lado dos golpistas da direita não valida a destruição da democracia brasileira.

A trajetória e história tem, a cada dia ratificado que, nada é pior que um ex-comunista, não por ter conhecimento dos modos de proceder e conduzir as massas para que no fim seja um dos premiados com as benesses do poder, não por fingir ter objetivos altruístas no seu proceder, mas sim por ter durante todo o tempo escondido os seus mais íntimos desejos: a glória pessoal e o sacrifício dos mais humildes. Assim se faz um crápula.

O novo golpe que tenta se concretizar no Brasil, traz embutido em suas origens o gene dos USA, muitos argumentarão que não é verdade, mas a história recente mostra como em Honduras apoiado pelos militares, no Paraguay em três dias e no Brasil articulado, temos o sinal da oposição mas não de todos que se opuseram. Pois o próprio Partido dos Trabalhadores calou-se, digo no parlamento, após ter vencido as eleições em 2014.

A luta interna do poder, levou a divisão governamental a um nível nunca visto. Não precisa se opor, basta se calar e no devido momento colherá os frutos.

O fato de, num país machista como o Brasil ter eleito uma mulher e além disso combativa e de esquerda para Presidenta do país, jamais seria aceito pelos poderosos de então. A luta não bastaria ser realizada no Parlamento, teria que ganhar as ruas e assim foi feito em 2013. A vitória em 2014 era inadimissível, mas o povo a concedeu, ao comparar os programas de governo dos dois disputantes no primeiro e confirmado no segundo turno.

O segundo turno é sempre uma farsa, pois dá forças a quem teve apenas do segundo lugar em diante na ampla disputa de posições políticas, permite que sejam vendidas ou feitas concessões aos que ficaram para trás e se ocorrerem confluências na entrega de cargos ou posições políticas, os mais derrotados terão força política para intervir no governo dos vencedores. Assim aconteceu e aliou-se a essa conjuntura um machismo e ódio xenófobo que foi explicitado quando da realização da primeira etapa do GOLPE, nenhuma mulher, nenhum negro nos cargos distribuídos pelos GOLPISTAS.

O aparente arrefecimento, depois da explicitação da xenofobia, não muda na essência quem detém a grande parcela de poder nos GOLPISTAS. Não querem dividir o poder do macho em nenhum momento, se superam até nas vestimentas, quando escolhem outras categorias.

A questão parlamentar por trás do GOLPE é evidente, ampliar a corrupção, diminuir a cada dia a influência das mulheres, aumentar o poder dos criacionistas, entregar cargos de concepções que tentavam fazer da laicidade um princípio em um país de maioria conservadora, aos mais obtusos do conservadorismo. Assim conseguirão manter os mais humildes calados e sem reagir ou conquistar novas posições políticas e diferenciadas o poder coletivo.

Esses são os fundamentos que se instalaram com o atual GOLPE no poder central do Brasil.

Ratificados por um Supremo Tribunal Federal (STF), que da mesma forma que entregou Olga Benário para ser morta por Hitler, entrega a democracia brasileira para garantir aumentos dos próprios salários e perpetuar e garantir a volta da exploração no país.

Triste de um país em que a JUSTIÇA é subalterna e vendida.